155 anos da Igreja Adventista do Sétimo Dia

Passam hoje 155 anos desde o dia em que começou a sessão que organizou formalmente a Conferência Geral dos Adventistas do Sétimo Dia, mais precisamente às 18h00 de 20 de maio de 1863, em Battle Creek, Michigan, EUA, com a presença de 19 delegados representantes de vários locais do nordeste americano onde o movimento adventista estava presente.

No dia seguinte, 21 de maio de 1863, e após a recusa de Tiago White para o cargo que tinha sido nomeado, John Byington foi nomeado e aprovado como o primeiro presidente da Conferência Geral na história da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Pudessem essas poucas dezenas de pessoas viver hoje novamente, ficariam espantadas ao perceber que, aquilo que eles começaram, Deus levou a quase todo o mundo. Eles veriam milhões de pessoas a frequentar semanalmente as igrejas adventistas, um milhão de novos membros a serem adicionados a cada ano e muitos, muitos outros que beneficiam do trabalho de educação e saúde da Igreja.

Contudo, a Igreja Adventista do Sétimo Dia não vive o tempo todo apenas a relembrar o seu passado; pelo contrário, olha para o presente e o futuro – especialmente o glorioso futuro que está diante de si e de todos aqueles que com coragem, perseverança e determinação fazem o melhor que sabem e podem na proclamação das mensagens de Apocalipse 14, trabalhando na seara e aguardando na certeza do regresso de Jesus.

Ao fim deste tempo, a Igreja tem as suas falhas e os seus graves problemas; mas enquanto aqueles que se dedicam ao combate contra a Igreja acabam por, uns atrás dos outros, irremediavelmente cair aos bocados, a Igreja segue em frente com a sua missão, chegando cada vez mais longe e a mais gente, sempre rumo ao porto seguro no qual finalmente aportará.

Ellen White resume em poucas linhas por que razão devemos redobrar o ânimo a cada dia e podemos seguir confiantes que a mão de Deus cuidará do seu povo:

“Ao recapitular a nossa história passada, havendo percorrido todos os passos de nosso progresso até ao nosso estado atual, posso dizer: Louvado seja Deus! Quando vejo o que Deus tem executado, encho-me de admiração e de confiança na liderança de Cristo. Nada temos a temer quanto ao futuro, a menos que esqueçamos a maneira em que o Senhor nos tem guiado, e Seu ensino em nossa história passada.” Mensagens Escolhidas, v. 3, p. 162.

Para saber mais sobre a história do movimento adventista, assista a “Como Tudo Começou”.

PARTILHE ESTE ARTIGO!

2 comentários em “155 anos da Igreja Adventista do Sétimo Dia

  1. “Louvado seja Deus que ao longo do tempo nos têm conduzido, com fé e esperança aguardamos o retorno glorioso de Jesus Cristo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.